Moura Dubeux reporta lucro líquido de R$ 23,2 mi

md
Diego Villar, CEO da companhia: nos últimos 12 meses, os lançamentos somaram R$ 1,4 bilhão e as vendas e adesões R$ 1,5 bilhão  

A Moura Dubeux fechou o primeiro trimestre de 2022 com R$ 354 milhões de lançamentos líquidos e R$ 401 milhões de vendas e adesões líquidas, o maior patamar desde o início de suas atividades há 38 anos. 

Nos últimos 12 meses, os lançamentos somaram R$ 1,4 bilhão e as vendas e adesões, R$ 1,5 bilhão. O lucro líquido foi de R$ 23 milhões no trimestre, com margem líquida de 13,5%, e R$ 90 milhões nos últimos 12 meses, com margem de 14,3%. As informações constam do relatório de divulgação de resultados protocolado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

De acordo com Diego Villar, CEO da companhia, o primeiro trimestre de 2022 foi encerrado com uma geração de caixa de R$ 30 milhões e acúmulo de R$ 80 milhões nos últimos 12 meses. 

Lançamentos

Os R$ 354 milhões de VGV relativos aos lançamentos do primeiro trimestre representam crescimento de 292,5% em relação ao mesmo período de 2021 e 94,4% ante os três meses imediatamente anteriores. Os empreendimentos lançados no primeiro trimestre deste ano são: Beach Class Carneiros – Fase 2, na Praia dos Carneiros, em Pernambuco; Vivant Caminho das Árvores, em Salvador; e Casa Moser, em Recife, todos com alto índice de comercialização e adesão.

“O desempenho financeiro da companhia, em linha com seu resultado operacional, vem apresentando melhoria contínua”, observa Villar, acrescentando: “Nossa receita líquida foi de R$ 172 milhões, 6,7% maior do que no primeiro trimestre de 2021, quando tínhamos estoque pronto bem superior ao de hoje, e cresceu 20,5% na comparação com os últimos três meses do ano passado. Basicamente, vem aumentando com a evolução física dos nossos projetos”, avalia.

Em Fortaleza

Dentro dos resultados positivos, o executivo enfatiza a elevação da margem dos empreendimentos que saltou para 40,1% de margem bruta, apresentando melhoria de rentabilidade do mix de produtos e negócios. Em 2021, a Moura Dubeux focou na expansão do segmento de condomínio fechado.

Em 2022, a empresa vem promovendo o crescimento de incorporação – em Fortaleza, por exemplo, o primeiro lançamento do ano foi o residencial Platz, localizado no Cocó, e a cidade deve receber pelo menos mais três empreendimentos até o fim do ano.

“Na Região Nordeste, já lançamos o equivalente a R$ 827 milhões de VGV líquido nos quatro primeiros meses de 2022, sendo R$ 621 milhões no regime de Incorporação, ou seja, aproximadamente 80% do nosso negócio. Com isso, estamos guiando a empresa para um incremento significativo de receita nos próximos anos”, ressalta Villar.