Lady Driver começa a operar com 300 motoristas aprovadas em Fortaleza

lady
Chance de ocupação: o aplicativo de transporte particular seleciona apenas mulheres e proporciona benefícios adicionais para que elas possam empreender no transporte de passageiras

Em Fortaleza, a operação do Lady Driver começa com 11 mil clientes, 700 motoristas cadastradas e 300 aprovadas para iniciar o serviço no dia 30 de novembro, terça-feira.

O aplicativo chega com a proposta de oferecer mais segurança e comodidade ao público feminino. Em todos os mercados onde atua o aplicativo conta com mais de 70 mil mulheres motoristas e com 1,5 milhão de passageiras que já fizeram o download do App.
 
Para preservar a segurança das passageiras, o aplicativo é rigoroso quanto ao cadastramento de usuárias e informa que tem um sistema para verificar dados junto à Polícia Federal e à Receita Federal.

O serviço pretende formar uma rede de apoio para a rotina das clientes, cujo público prioritário é de mulheres, mas também atende idosos e idosas, pessoas com mobilidade reduzida e crianças. 

Atendimento
 
Com tecnologia própria, a Lady Driver dispõe de atendimento automatizado com algoritmos de análise e decisão para passageiras e motoristas; comunicação com passageira e motorista por meio de chat e push; monitoramento de toda a operação; envios de push/sms/e-mail-métricas; e analytics para análise de KPI’s (incentivo de motoristas com antifraude, 100% automatizado). 

No Ceará

Os cuidados foram pensados pela fundadora e CEO da startup, Gabryella Corrêa, que após sofrer assédio em transporte de app, tornou a Lady Driver referência nacional de modelo de serviço por aplicativo. A franquia do aplicativo no Ceará é dos empresários Luciana Dalla Nora e Miguel Andrade. Eles destacam que a ideia é auxiliar na locomoção desse público específico para a escolas, cursos extracurriculares, outros tipos de atividades e até deslocamento à casa de familiares ou amigos.

Lady Card
 
O principal diferencial é dirigir para mulheres, em corridas agendadas ou em tempo real, mas a condutora também será treinada para atender chamadas de pessoas da terceira idade ou com alguma redução de mobilidade (Lady Care) e de crianças e adolescentes (Lady Kiddos). As passageiras contarão com um programa único e exclusivo de descontos (Lady Card). 

Geração de renda

Criada também para promover oportunidades de ocupação e renda para mulheres, a Lady Driver entra no mercado de Fortaleza trazendo vantagens para as motoristas cadastradas. Em um mercado predominantemente masculino, este aplicativo de transporte particular seleciona apenas mulheres e proporciona benefícios adicionais para que elas possam empreender no transporte de passageiras. O cadastro continua aberto e pode ser feito gratuitamente.
 
Serviço 

Para baixar o aplicativo:
Lady Driver
Onde: Apple Store e Google Play
Temas Abordados
-Transporte de mulheres (Corridas agendadas e em tempo real)
-Transporte de crianças
-Transporte de idosos
-Transporte de pessoas com necessidades especiais
-Cadastro de motoristas mulheres