Redes de Jaguaruana conquistam 1ª Indicação de Procedência

img1
A Terra da Rede celebra a conquista da “Indicação de Procedência” do tipo “Indicação Geográfica (IG)”, com reconhecimento nacional de Jaguaruana pela originalidade e valor das redes de dormir fabricadas no município

Localizado no Vale do Jaguaribe, o município de Jaguaruana é conhecido como a “Terra da Rede” por produzir e exportar o produto para outros estados brasileiros e até para países como França e Alemanha. 

Nesta sexta-feira (10/9), a cidade celebra a conquista da “Indicação de Procedência” do tipo “Indicação Geográfica (IG)”, título que marca o reconhecimento nacional de Jaguaruana pela originalidade e valor das redes de dormir fabricadas no município. 

Certificação

Jaguaruana é a primeira cidade do Estado a receber a certificação, conquistada por meio do trabalho do Governo do Ceará, liderado pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece) e realizado pelo Núcleo de Tecnologia e Qualidade Industrial do Ceará (Nutec).

O evento é organizado pela Prefeitura de Jaguaruana e Associação dos Fabricantes de Redes de Jaguaruana (Asfarja) e contará com a presença do secretário da Secitece, Inácio Arruda, e do presidente do Nutec, Francisco Magalhães, além de representantes do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI), entidade que fornece o título de Indicação de Procedência.

Atualmente, Jaguaruana abriga cerca de 200 fábricas de rede, que movimentam a economia local. Agora, o escoamento da produção está impulsionado pela inauguração da CE-263, que liga a cidade à BR-304, em Aracati. Com isso, a cidade passa a contar com duas rotas de acesso, sendo a outra ligada à BR-116.

“A conquista desta certificação atesta o reconhecimento do INPI de que o produto, genuinamente cearense, possui características específicas e critérios de qualidade que vão garantir diferencial competitivo inovador e visibilidade no mercado. Nossos parabéns à ‘Terra da Rede’!”, comemora o secretário Inácio Arruda.

Indicação Geográfica

A Indicação Geográfica (IG) é um título de Propriedade Industrial que reconhece nacionalmente a origem de determinado produto ou serviço por possuir características específicas de um território, seja por fatores naturais ou humanos.

A fama do município de Jaguaruana marca seu caráter identitário desde os remanescentes indígenas até os dias de hoje, onde a tradição da produção da rede causa impactos para a sociabilidade dos municípios, para a renda dos produtores e para a economia local.

O presidente do Nutec, Francisco Magalhães, destaca a participação em conjunto de várias entidades para a concretização do título. “Esse encontro celebra uma conquista que traz a marca da interiorização do desenvolvimento em nosso Estado e consagra o empreendedorismo histórico de Jaguaruana na produção de redes de dormir”, comenta.

O evento desta sexta-feira contará com a presença do reitor do IFCE (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará), José Wally Mendonça Menezes; do presidente da Associação dos Artesãos e Fabricantes de Jaguaruana (Asfarja), José Pinheiro Júnior; e dos fabricantes de redes e de indústrias têxteis locais.