Grupo Viper atende a 300 clientes e prevê crescer 15%

img1
A  demanda no segmento industrial e de shoppings vem alavancando o setor de terceirização de mão de obra, aponta Raul dos Santos, membro do Conselho Consultivo do Grupo Viper 

Puxado pelo aumento da demanda do mercado corporativo, o Grupo Viper, especializado em terceirização de mão de obra, segurança armada e desarmada, projeta um crescimento no faturamento superior a 15% em 2021. 

O resultado supera em quase três vezes as expectativas de crescimento para a economia brasileira neste ano (5,15%, segundo o Boletim Focus, do Banco Central). Em 2020, no pior momento da pandemia, o Grupo Viper, que atende mais de 300 clientes, manteve o faturamento estável.

Novos segmentos

Segundo Raul dos Santos, membro do Conselho Consultivo do Grupo Viper e ex-diretor dos grupos M. Dias Branco e BSPAR, a demanda no segmento industrial e de shoppings vem alavancando o setor de terceirização de mão de obra. “A Viper estava muito concentrada no mercado de condomínios e agora a gente vem focando no mercado corporativo”, diz Santos.