Inflação do aluguel atinge estratosféricos 24,52% em 12 meses

casa
O indicador é nada menos que seis vezes maior que o acumulado em novembro de 2019 e dá a dimensão da elevação de preços que vem se registrando no País

A chamada inflação do aluguel, medida pelo IGP-M tem dado o melhor parâmetro de como está a alta de preços no País, com uma inflação em disparada. No caso do IPCA, índice oficial de inflação usado pelo governo, o volume de itens captado acaba diluindo o real impacto dos preços que estão sendo aumentados.

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) teve inflação de 3,28% em novembro deste ano. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), o percentual é maior que o de outubro, de 3,23%.

Impacto

Com o resultado, o IGP-M acumula inflação de 24,52% em 12 meses, índice seis vezes maior do que o acumulado em novembro de 2019.

O índice vem sendo puxado pelo preço das commodities agropecuárias, como o milho, trigo e bovinos.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, teve  inflação de 4,26%. O Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, ficou em 0,72%. Já o Índice Nacional de Custo da Construção registrou variação de 1,29%.